Logistica Empresarial

Das muitas mudanças ocorridas no ambiente empresarial, talvez a maior seja o enfoque na “velocidade”, alavancada pelo boom dos computadores e das telecomunicações. Tudo isso traz conseqüências nas práticas de trabalho das empresas, que devem desenvolver estruturas organizacionais capazes de responder com rapidez e flexibilidade às exigências do mercado.

A competitividade de uma economia globalizada não permite mais empresas “amadoras” no mercado. O profissionalismo e a melhor alocação dos recursos organizacionais (produção, informação e logística) que estas empresas utilizam, irão definir não somente a sua sobrevivência, como o seu sucesso no mercado.

Os processos da logística interna são os responsáveis pela movimentação e armazenagem dos materiais dentro da empresa. Sem essas atividades, não haveria o fluxo e, portanto, as transformações que agregam valor aos produtos.

Na logística os suprimentos são os atores principais de toda a cadeia, é com base nas características dos suprimentos, que a logística define seus parâmetros de lead time, tipos de embalagem, as características dos equipamentos de movimentação, modais de transporte, áreas de armazenamento e os recursos humanos e financeiros necessários.

A logística de produção trata da movimentação dos fluxos dentro da empresa, ou seja, da movimentação que acontece entre as diversas áreas da empresa para que aconteça o processo. Um dos grandes benefícios que a logística de produção traz é a redução de estoques, em conseqüência de várias ações tomadas como: redução do tempo de produção; melhor rotatividade de estoques; redução de paradas e de retrabalho; redução do tamanho de lotes; e redução do estoque de segurança.

A logística de distribuição é uma das ferramentas que provêem a disponibilidade de produtos onde e quando são necessários, coordenando fluxos de mercadorias e de informações de milhares de pontos de vendas dos mais variados bens e serviços. É importante ressaltar que a logística de distribuição tem que encontrar o equilíbrio entre a qualidade de serviço, o custo e o capital investido. A logística tem sido vital nas estratégias do canal de distribuição, agregando valor na relação entre compradores e vendedores, providenciando meios eficientes de vender e entregar produtos aos clientes.

Cabe à logística integrada aperfeiçoar a movimentação do produto na cadeia, minimizando custos e gerando valor para o cliente. O sucesso de uma organização depende fortemente da logística adotada pela mesma, já que esse processo é imprescindível para que as atividades da organização estejam integradas. Boa informação é um ingrediente vital no planejamento, operação e controle de sistemas logísticos.

Data de Publicação: 12/09/2011