A Essência da Liderança

Servir, para alguns, significa fraqueza, para outros, uma das idéias mais robustas e revolucionarias que pode vir a mudar o desempenho de uma organização. Este é o impacto de uma liderança servidora.

James C. Hunter, em seu livro, O Monge e o Executivo, defende um novo padrão de liderança, um modelo firme/flexível, que transforma chefes e gerentes em treinadores e mentores.

Este modelo de liderança servidora aparece em seu livro, no terceiro capitulo (O Modelo, pág. 57), fazendo a distinção entre o modelo de liderança mais forte – “com mãos de ferro” – e o da liderança mais democrática e aberta, citando exemplos desta, como Madre Tereza de Calcutá, Mahatma Gandhi e o maior exemplo de uma liderança servidora, Jesus Cristo.

Uns dos primeiros tópicos a serem debatidos no Capitulo Três é a questão da diferença entre lideranças, a Autocrática e a Democrática. Simeão, em sua juventude, quando fora vice-presidente de uma companhia que fabricava lâminas de metal, conheceu, na prática a diferença. Ele, quando atendia por Len Hoffman, era defensor da teoria de que ...liderar era dar a mão aos outros e cantar em coro... (P. 57). Contudo, seus colegas, os outros vice-presidentes, Jay e Kenny, tinham uma visão oposta, eles achavam que as pessoas eram preguiçosas, desonestas e precisavam ser cutucadas para fazê-las trabalhar (P. 58).

Primeiramente, é necessário conhecer essas duas vertentes:

LIDERANÇA AUTOCRÁTICA

•Chamada de liderança autoritária ou diretiva;
•Utiliza do poder;
•Líder focado apenas nas tarefas, impondo suas idéias, centralizando as decisões consigo;
•Grupo;
•Temor;
•Pouquíssima delegação de tarefas, centralizando no líder;

LIDERANÇA DEMOCRÁTICA

•Chamada de liderança participativa ou consultiva;
•Utiliza da autoridade;
•Líder voltado para as pessoas, orientando os seus liderados a participar do processo decisório;
•Equipe;
•Admiração;
•Delegação de tarefas, dividindo assim as responsabilidades;

Esses tipos de lideranças, em sua essência, não é totalmente verdade, pois, de acordo com Bill – presidente da companhia onde Simeão trabalhou – uma só maneira de liderar, seria prejudicial à companhia, é necessário manter um equilíbrio. Um líder servidor pode ser durão, até mesmo autocrático, em se tratando das bases da direção de um negócio, determinando a missão (onde a empresa está focada) e os valores (quais são as regras que governam a jornada) e estabelecendo padrões e responsabilidades finais. Líderes servidores não solicitam votação ou aceitam idéias de seus colaboradores quando se trata desses fundamentos críticos. Afinal de contas, esse é o trabalho do líder, e as pessoas esperam essa direção que seu líder defina a direção e estabeleça os padrões.

O conceito de liderança, proposto por Simeão aos seus alunos é: Liderança é a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir os objetivos identificados como sendo para o bem comum. Mas como ver esse conceito ser aplicado na prática, como questiona Greg, então, Simeão usa de exemplos notáveis na história, como por exemplo, Jesus Cristo, Madre Tereza de Calcutá, Mahatma Gandhi, Martin Luther King, etc.

Data de Publicação: 04/04/2013