Notícia

Município de Saudade do Iguaçu aporta R$ 1 milhão em fundo garantidor

sexta, 06 de dezembro de 2019
Recursos aplicados na GarantiSudoeste permitem a emissão de R$ 10 milhões em cartas de crédito para pequenos negócios em cidade do sudoeste do Paraná

Legenda da foto: Representantes do Município, Sebrae/PR, GarantiSudoeste, Acesi, Câmara de Vereadores e cooperativas de crédito com o cheque simbólico de R$ 10 milhões em cartas de aval (crédito - Antônio Menegatti)

Na manhã desta quinta-feira (05), na Câmara Municipal de Vereadores de Saudade do Iguaçu, foi realizada a assinatura do termo de parceria entre Prefeitura e a Sociedade de Garantia de Crédito do Sudoeste do Paraná (Garantisudoeste). A Administração Municipal aportará R$ 1 milhão na SGC, o que possibilitará até R$ 10 milhões em cartas de crédito para as micro e pequenas empresas.

Saudade do Iguaçu é o segundo município da região sudoeste a destinar recursos para a SGC, depois de Chopinzinho. Mas, está entre as quatro maiores cidades do Estado no volume aportado, ao lado de Maringá, Foz do Iguaçu e Toledo, que também destinaram R$ 1 milhão cada para fundos garantidores. Dos 399 municípios paranaenses, 20 aderiram à iniciativa.

O recurso deverá ser liberado para a GarantiSudoeste no início de 2020 e as operações devem começar em fevereiro, com até R$ 80 mil para capital de giro e até R$ 120 mil para investimento. Para os microempreendedores individuais (MEIs), o valor será de até R$ 15 mil. A SGC garantirá 80% dos valores financiados. As cooperativas de crédito Sicredi e Cresol e a agência de crédito da Fomento Paraná no município estão conveniadas.

O prefeito de Saudade do Iguaçu, Mauro Cenci, espera que a iniciativa impulsione a economia local.

“Queremos facilitar o acesso ao crédito por parte dos empresários e conquistar a tão sonhada geração de empregos e renda. Estamos trabalhando pela sustentabilidade do município, para que este R$ 1 milhão se transforme em R$ 10 milhões e continue aumentando”, espera o prefeito.

O presidente da GarantiSudoeste, Fernando Luis Frank, relata que os percentuais das taxas ainda não foram definidos, mas adianta que serão menores que os praticados no mercado financeiro tradicional.

“Com as cartas de aval, o risco das instituições financeiras é menor, o que representa taxas menores. Pelas experiências que temos, as taxas baixam de 0,8% a 1%, em média, em relação ao mercado”, revela Frank.

O gerente da Regional Sul do Sebrae/PR, Cesar Giovani Colini, lembra que o Sebrae/PR foi o primeiro incentivador do modelo de garantia de crédito no Sudoeste e ressalta a importância da conquista para Saudade do Iguaçu.

“Entre as diferentes linhas de atuação, o Sebrae trabalha para a melhoria do ambiente de negócios, ou seja, criar um terreno fértil para as micro e pequenas empresas, que são a imensa maioria dos negócios formais. Saudade do Iguaçu percebeu a importância do movimento e está facilitando o acesso ao crédito como forma de desenvolver a economia”, parabenizou Cesar.

Marcia Maria Buley, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Saudade do Iguacu (Acesi), acredita que, com apoio da Prefeitura e da GarantiSudoeste, os empresários poderão investir e crescer.

“Hoje, os consumidores esperam cada vez mais das empresas. Facilitar o acesso ao crédito permitirá investimentos para inovar, trazer novidades para competir no mercado”, observa Marcia.


 

Legenda da foto: A solenidade foi realizada no auditório da Câmara de Vereadores de Saudade do Iguaçu (crédito - Antônio Menegatti)


Contato para imprensa:
Antônio Menegatti - (46) 99912-9002
Adriano Oltramari – (41) 3330-5895 / (41) 99232-0502
www.pr.agenciasebrae.com.br

 

Fonte: Antônio Menegatti (Regional Sul)